Notícias

01/10/2019 | Uma semana para falar sobre patrimônio, cultura e meio ambiente

Semana do Turismo de Pelotas englobou programação do IV Saber Ambiental no Mercado.

Um dos quadrantes do Mercado Central de Pelotas foi tomado, ao longo desta semana, por ações educativas voltadas ao cuidado ambiental e patrimonial. O IV Saber Ambiental no Mercado reuniu quatro escolas da rede municipal de ensino, com mais de 150 estudantes do terceiro e quarto ano do Ensino Fundamental, além dos visitantes que circulavam pelo espaço. O evento ocorre anualmente e é promovido pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) juntamente com a Secretaria de Desenvolvimento, Turismo e Inovação (Sdeti) de Pelotas.

 

A cada edição o projeto busca atrelar outras iniciativas que dialoguem com esta mesma temática. Pela primeira vez, o projeto Pinípedes do Sul integrou a programação. Além de confeccionar moldes de argila de leões e lobos marinhos, os participantes também puderam conhecer as sete espécies que ocorrem no sul, dentre eles lobos, focas, elefantes marinhos e leões. O Laboratório de Ensino e Pesquisa em Antropologia e Arqueologia da Universidade Federal de Pelotas (Lepaarq/UFPel) expôs material indígena guarani e colonial, como cerâmicas, boleadeiras, ponta de lança, louça e porcelana.

 

Aos olhos dos participantes, a atração principal foi a apresentação do projeto musical “Canção dos bichos: rock & natureza”, iniciativa que nasceu na Gestão Ambiental da BR-116/392 a partir do trabalho desenvolvido para o DNIT. “O que eu mais gostei foram as músicas e a minha preferida foi a do ratão-do-banhado. Eu gosto muito de sair da escola porque eu aprendo coisas novas”, disse a estudante Sabrina Maia, de 10 anos. Outro diferencial deste ano foram as maquetes de 15 prédios que formam o centro histórico de Pelotas e que puderam ver vistos em realidade virtual a partir de um aplicativo lançado pela Sdeti.

 

O evento ainda contou com a parceria do Museu de História Natural da Universidade Católica de Pelotas (MUCPel), do Museu de Ciências Naturais Carlos Ritter, do projeto Parceiros do Mar e do Centro de Recuperação de Animais Marinhos (Cram), ambos da Universidade Federal do Rio Grande (Furg).

 

anteriorpróxima

Copyright © 2011 | Todos os direitos reservados | STE - Serviços Técnicos de Engenharia S.A.
Praça 7 de Julho, 36, sala 02 |Pelotas/RS | 53.3027 27 11 | 3027 27 13 | NATIVU DESIGN
Visitante: 1598233