Notícias

06/02/2013 | 1º Colóquio Sul-Riograndense de Conservação em Zonas Úmidas

Evento encerra com propostas para enfrentar os desafios ligados às áreas de conservação

 

Após três dias de debates, o 1º Colóquio Sul-Riograndense de Conservação em Zonas Úmidas (ZU’s) encerrou seus trabalhos no dia 2 de fevereiro com recomendações às instituições que desenvolvem ações relacionadas a banhados e outras zonas úmidas. O evento ocorreu em Mostardas, no litoral médio do Estado, com o objetivo de promover a troca de informações e articular ações para a proteção destas áreas.

 

No encontro, a experiência da Gestão Ambiental na duplicação da BR-116/392, realizada pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), foi apresentada pelo biólogo Rodrigo Torres, representante da STE S.A., empresa que responde pela Gestão Ambiental do empreendimento. A palestra abordou o monitoramento de fauna em zonas úmidas adjacentes às obras na rodovia.

 

Segundo Rodrigo, “o evento foi positivo para a troca de experiências entre gestores. Uma oportunidade para exposição dos resultados de gerenciamentos de unidades de conservação do Estado, bem como das dificuldades relacionadas à conservação de zonas úmidas”. 

 

Mesmo se tratando de uma experiência relacionada ao empreendimento e não especificadamente a uma área de ZU’s, a Gestão Ambiental esteve inserida na programação porque tem como objetivo assegurar que as obras de duplicação ocorram de acordo com as medidas previstas à preservação do ambiente, incluindo os banhados que envolvem a rodovia.

 

Para Torres, entre os desafios apontados está à definição do conceito de banhado, devido à dinâmica deste ambiente e mapeamento defasado no Estado, assim como a falta de um plano de manejo para unidades de conservação e a ausência de políticas públicas que norteiem a conservação desses importantes ecossistemas.

 

A participação da equipe contou com a instalação de uma exposição fotográfica e a distribuição de materiais informativos, além da apresentação das ações do Programa de Educação Ambiental na duplicação, realizada pelo agente de comunicação e educação, Isaías Insaurriaga.

 

Durante a mesa de encaminhamentos, foi priorizada a identificação de grupos de interesse para a elaboração de um plano de ação, com previsão de ser apresentado em outubro, durante o Festival das Aves e nos 15 anos da Associação Voluntária de Proteção aos Animais de Bento Gonçalves (APABG). 

 

 

Fotos relacionadas.

anteriorpróxima

Copyright © 2011 | Todos os direitos reservados | STE - Serviços Técnicos de Engenharia S.A.
Praça 7 de Julho, 36, sala 02 |Pelotas/RS | 53.3027 27 11 | 3027 27 13 | NATIVU DESIGN
Visitante: 916923